Direito ao esquecimento

Visto que estamos vivendo em uma era de grandes avanços tecnológicos, no qual milhares de dados e informações são compartilhados por meio da internet, tornou-se difícil proteger os direitos fundamentais, como de imagem e dados pessoais. Logo, admitindo que o Direito ao esquecimento seja como uma cláusula geral de proteção e manutenção da privacidade, seu uso permite que fatos ocorridos em um determinado tempo, que possam ferir a privacidade de outrem, e lhe causar transtornos, sejam eliminados, por meios judiciais cabíveis à causa.